quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Alba Maria é interpretação A cantora é substituída pelo encantamento da interpretação.
Ela se entrega à música que não lhe pertence.
Alba se faz simplesmente "anônima" quando canta.
Esse anonimato não é sinônimo de sem identidade, mas, sim, o total respeito
àquilo que é a letra da música, sem leitura simplista, mecânica, fria, mas longe,
de obrigações que favorecem os ouvidos e gostos musicais duvidosos.
O cantora Alba é a dignidade do canto de sua Maria.
Ma-ra-vi-lha!!!
.
(Fotos de Bruno Pellerin)
.
***

6 comentários:

Coisa-negócio disse...

Linda, linda, linda! sou fã de muito tempo! amo Alba! :)

Anônimo disse...

Seu texto, poeta, é perfeito e lindo. Talvez seja a melhor homenagem para Alba. Parabéns.
ângela Carvalho.

Anônimo disse...

Essa mulher é uma loucura.rs
Téo

Léo Meneses disse...

adoroooo

Canto Cultura disse...

Linda, adoro ver o seu deleite ao interpretar canções e imortalizá-las em sua voz e sua performance ... linda minha amiga querida , simplesmente linda !!!

Alba Maria disse...

Muito obrigada ,querido amigo poeta Ronaldo Franco.Me sinto privilegiada em ter por perto pessoas queridas que divulgam o meu trabalho da forma como deve ser lido : ENTREGA TOTAL !!!

Beijo enorme poeta querido !