terça-feira, 3 de junho de 2008

O espaço interior é necessário para a permanente recriação de si.
.
São os aposentos que deveriam ser os mais generosos e iluminados.Ali poderíamos analisar o projeto feito, conferir nossos parâmetros, repensar os amores vividos e os projetos possíveis.
.
Porém nessa cultura do barulho e da agitação somos impelidos a fazer coisas, promover coisas, não a refletir sobre elas: precisamos de eventos, roteiros e programas, ou nos sentimos como quem fica de fora e para trás.
.
Porém o que nos revigora é sossegar, entrar em nós, refletir.Nada se renova, inova, expande e se faz de verdade sem um momento de silêncio e observação.
.
Depois disso podemos, devemos, querer e ousar.
.
Lya Luft > em Perdas & Ganhos.

2 comentários:

Anônimo disse...

Uma boa receita de Lya Luft.

Fernanda Sá

GYSELLE FONSECA disse...

Adoro fusar seu blog, noooooo!! Clarice foi como um espelho para mim.abraços!!