sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Belém: Eu Te Amo! O que eu escrevo agora
não é imaginação:
eu vi o sol namorando Belém!

(O sol tinha o olhar apaixonado
de roubar sua roupa de chuvas
de quebrar o seu não de miriti
e ferver o seu corpo de águas
na beira da noite
amorosamente)

E é assim
que Belém
fica moreníssima
no final de semana...

(RF)
.
***

3 comentários:

rejane disse...

Poeta Amigo, Parabens pelo Poema de Amor a anossa querida BELEM. Abs

Lígia Saavedra disse...

É por isso que Belém só te ama, Poeta querido!
Linda poesia!

Bj

Rock Guerreiro disse...

Parabens