quinta-feira, 30 de julho de 2009

Adeus, Julho!

A despedida navega dentro de nós.
O apito longo do navio ouvimos como uma benção.
A benção da vida.
.
Saudades acenam lenços por distâncias espichadas dentro de nós. Lenços que se parecem com pássaros,libertados dos apertos de gargantas.
Pássaros mudos, ainda com os pés rangindo encontros na areia.

Até julho que vem!
Esta certeza ancora no mar dos dias e nos dá um oceano consolo...
.
***

2 comentários:

Luan disse...

Esse ano tah passando muito rapido, eh ruim qndo isso ocorre parece q a gent nao aproveita tdo. Legal o texto.

abraço.
http://luanblogg.blogspot.com

Benny Franklin disse...

Grande, Ronaldo!
Como sempre inspirado!