sexta-feira, 11 de junho de 2010

28 Junhos
(poeminha pra Iô)
Namorada minha:
os teus dedos
junto com os meus
estão na mão do tempo
sem rimas de medos
.
e por isso nós nos amamos
para sempre
com a coragem da poesia
sem sermos mais que dantes:
- flor e jardineiro -
.
em olhares de raizes
nas folhas dos dias
em cheiros de amor
que invadem as narinas
de nossos calendários
.
que perfumam a nossa casa
como incenso de ternura...
.
do teu poetinha: RoN.
***

8 comentários:

papistar_nunes disse...

Se eu fosse a Iô,depois dessa só desejaria que o Brasil ganhasse a Copa, o resto é ficha! Parabéns poeta, essa constante demonstração de amor por sua "namorada" 'nos mostra que "amar vale muito a pena".
Beijosssssss

Graça Santos disse...

Parabéns meu amigo/irmão
pelos 7 ano Por aí e pelo belo exemplo de parceria humana com a IONe
bjs Graça Santos
PS:Confirme recebimento encomenda

Graziano Costa disse...

Poesia é remédio pra qualquer dor que se aloja em nós.
Parabéns.
Graziano Costa
www.speculacoes.blogspot.com

Benny Franklin disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Benny Franklin disse...

Amigo RON:

Poema encantador...

E faço-lhe uma ameaça:

Mesmo que você não me permita usar esse belíssimo poema como trunfo nesse sábado 12, assim mesmo usarei em causa nobre - e olha: antecipadamente, recuso sua recusa se essa não permitir que eu declame esse Poema bem baixinho no ouvido do grande amor da minha vida - minha esposa e namorada.

Esse poema, RON, com olhos de céu, une-me para sempre ao Dia dos Namorados... Dia (também) do Aniversário de LECY.

Abs

Anônimo disse...

Poema de amor. É o que tu sabes fazer. Simples, como os do Quintana.Apaixonado, como os do Vinícius.Sem complicação, como tu sabes viver.Amo todos os teus poemas.

Tua amiga, Denise.

Lorinha disse...

Parabéns mais uma vez grande poeta!! Vc arrasou no poeta para a doce Io.

Anônimo disse...

Como sempre você emociona com seus doces poemas, querido poeta.

Eulália Cardoso.