sábado, 14 de março de 2009

As perguntas de Pablo Neruda


* Quando de novo vejo o mar
o mar me viu ou não me viu?
.
* Por que me perguntam as ondas
o mesmo que lhes pergunto?
.
* E por que golpeiam a rocha
com entusiasmo perdido?
.
*Não se cansam de repetir
sua declaração à areia?
.
*Por que encerrei meu caminho
caindo no ardil do mar?
.
***

3 comentários:

Jac. disse...

Amo Pablo Neruda!
Há muito encanto na poesia dele!
Muito lirismo, muito sentimento!

Abraço.

manuel afonso disse...

Pablo Neruda tem a virtualidade e a arte de questionar o inquestionavel, daí o encanto da sua poesia.

Maria João Matos, demitida da Varig disse...

Pablo Neruda me encanta,consigo entrar na alma dele.

pablo Neruda do meu coração.

Bjos