sábado, 23 de janeiro de 2010

O POETA


2 comentários:

papistar_nunes disse...

A artista conseguiu captar legal teu olho de ronron. Ronron que ronrona,resmunga e resfolega...

LUIZ ALHO disse...

Meu Franco Atirador,
Poucos nesta Terra Abençoada por Deus e amaldiçoada pela imcompetência e o desamor de muitos merecem vestir essa camisa, tu és um deles, entre outros poucos, tens o brilho de nossa estrela, verdadeiro, brilho semelhante, com um pequeno detalhe, próprio; não precisas do brilho dos outros para iluminar a vida com teu talento e tua poesia.
Um abraço
Luiz Alho