quinta-feira, 18 de setembro de 2008

Espaço Cultural homenageia Benedicto Monteiro


Espaço Cultural homenageia Benedicto Monteiro no Centur

(José Maria Vilhena)

O Governo do Estado do Pará, por meio da Fundação Cultural do Pará Tancredo Neves homenageará o escritor Benedicto Monteiro, com a inauguração de um espaço cultural multi-uso no térreo do prédio do Centur, que levará o nome deste escritor paraense: “Hall Benedicto Monteiro”.

O evento de inauguração do hall ocorrerá na próxima quarta-feira, dia 17 de setembro, a partir das 18hs, e contará com a presença de amigos e familiares do escritor, programação litero-musical, exposição de fotos ,objetos pessoais, e exibição do documentário “Transtempo”, que resgata a fantástica biografia do grande escritor.

O Hall Benedito Monteiro, servirá como espaço de exposição de obras de arte do acervo da Galeria Theodoro Braga, e também como espaço para lançamento de livros, recitais e saraus de poesia, universo vivenciado pelo escritor paraense.

Benedicto Monteiro nasceu dia 1º de março de 1924, em Alenquer, no Estado do Pará. Foi um dos mais importantes escritores paraenses do século XX, com mais de vinte livros publicados. Formou-se bacharel em Ciências Jurídicas e Sociais pela Faculdade de Direito do Pará. Exerceu a magistratura no Ministério Público.

Foi membro da Academia Paraense de Letras, do IHGP (Instituto Histórico e Geográfico do Pará) e da Academia Paraense de Jornalismo.Monteiro recebeu uma série de honrarias, tais como o título de Honra ao Mérito da Assembléia Legislativa do Estado, Honra ao Mérito da Câmara de Vereadores de Belém; Medalha Tiradentes do Governo do Estado do Pará; Medalha José Veríssimo da Academia Paraense de Letras.

Em 2008 lançou seu último livro intitulado “O Homem Rio – A Saga de Miguel dos Santos Prazeres”, no Térreo da Fundação Cultural do Pará Tancredo Neves, numa noite chuvosa. Não contamos com a presença do maior romancista paraense, por encontrar-se hospitalizado naquela ocasião, mas familiares fizeram questão de acompanhar a realização do sonho de Bené: lançar seu livro.

Benedicto Monteiro atuou como advogado, magistrado, professor, político, poeta, contista e romancista e acima de tudo um amante do Estado do Pará. “A homenagem que a Fundação Cultural do Pará Tancredo Neves irá realizar é apenas uma gota na imensidão do rio amazônico, e tê-lo homenageando um espaço no prédio público em que o escritor escreveu parte de sua trajetória é sinômino de orgulho para o povo paraense” expressou Gerson Araújo, presidente da Fundação Cultural do Pará Tancredo Neves.”

Serviço:Hall Benedito MonteiroInauguração dia 17 de setembro de 2008A partir das 18hLocal: Centur – TérreoEnd: Av Gentil Bittencourt, 650 esquina da Rui BarbosaInformações: (91) 3202 4375 / 3202 4376Realização:Fundação Cultural do Pará Tancredo NevesSecretaria de Estado de Cultura

*****************************

Um comentário:

Marisa disse...

Poeta,
Que prazer passear pelas páginas do seu blog e (re)conhecer um trabalho incansável de divulgação cultural, além da oportunidade de ler seus poemas.
Obrigada por ter criado este espaço - lugar onde farei paradas obrigatórias nas minhas andanças pela net.
Abraços!
Marisa.