quarta-feira, 20 de fevereiro de 2008

Edgar Augusto - A Enciclopédia da Música Popular Paraense


O filho de Edyr e Celeste Proença,- Edgar Augusto Proença formou-se em Direito pela UFPA.Mas nunca exerceu a profissão.
Locutor, apresentador de programas radiofônicos: - desde os 14 anos na Rádio Clube. Há 34 apresenta diariamente o programa Feira do Som, hoje na Rádio Cultura.Também aparece no Barra Pesada, ao lado do Ronaldo Porto, na TV RBA, às quintas e sextas-feiras.Abre sua agenda cultural no Jornal da RBA e escreve uma coluna musical de terça à domingo no Diário do Pará ( a mais lida da cidade).Considera-se um cara feliz por trabalhar no que gosta, embora admita haver mais idealismo do que sucesso financeiro na profissão que escolheu.
..
RF: Qual a melhor maneira de se gastar a vida ?
.
Edgar: Fazendo o que se gosta.E insistindo em tentar consegui-lo.
.
RF: Noite e bar, há alguma cumplicidade nessas palavras ?
.
Edgar: Há.E a cumplicidade acaba gerando um imenso vale de lágrimas. Mas, como dizia o poeta Ruy Barata, melhor encarar este vale do que não se fazer nada.
.
RF: Por que o amor começa nu e termina vestido ?
.
Edgar: Quando os encantos começam a se perder > é chegada a hora de recuperá-los. O amor tem sempre que ficar nu.
.
RF: A música é a possibilidade de encontrar o que passou ?
.
Edgar: Há coisas que passam, mas que deveriam ficar para sempre. A música faz com que fiquem.
.
RF: Onde você solta seus ímpetos, humores e êxtases ?
.
Edgar: Sempre onde estejam as pessoas que admitam meus defeitos e virtudes.
.
RF: A República da Conversa é um forma sublimada de se fazer amigos ?
.
Edgar: Não há amizades verdadeiras que dispensem a República da Conversa. Como frequentador de bares, sou seu integrante cativo.
.
RF: Saudade é uma cobra que morde o rabo do passado ?
.
Edgar: Quem não tem saudade é porque não viveu.
.
RF: Quais os amigos que ainda dançam samba em suas recordações ?
.
Edgar: Edyr Proença, Ruy Barata e David Miguel nunca deixaram de dançar em minhas lembranças.
.
RF: E o que se tornou um tango em suas memórias ?
.
Edgar: Não cultuo o que possa ter me causado qualquer tipo de mágoa ou tristeza. Nem sei dançar tango...(risos)
.
RF: Mostre-me no seu álbum de recordações fotografias de uma Belém inesquecível...
.
Edgar: As da Belém onde se podia andar a pé pelas madrugadas, sem o menor receio de violência.
.
RF: O que lhe tira do sério ?
.
Edgar: Pessoas chorando. Saio do sério ao observá-las.Crianças e velhos principalmente. Sinto vontade de agredir quem possa tê-las magoado.
.
RF: Você adotaria a frase: " O calypso é como pegar surf: estoura na praia do povo"...
.
Edgar:Não. Acho o calypso um brega metido a besta.Na minha praia não toma banho.
.
RF: Na nossa floresta de telhados: quem é mito, lenda, fábula, cantor da planície e o compositor de nossa raça musical ?
.
Edgar: Waldemar Henrique, Gentil Puget, Paulo André e Ruy Barata, Nilson Chaves, Walter Bandeira, Edyr Proença e Adalcinda Camarão e João de Jesus Paes Loureiro traduzem tudo isto.
.
RF: A "Feira ( passados tantos anos) do Som " não seria o Shopping da Música Paraense ?
.
Edgar: Depende do shopping.O da feira eu gostaria que fosse daqueles bem populares, mas que vendesse música honesta.
.
RF: Onde seria a calçada da fama em Belém ?
.
Edgar: Ainda hoje, creio, em frente ao Bar do Parque na Praça da República.
.
RF: A conta bancária credita amizades ?
.
Edgar: Infelizmente sim. Mas o pior é quando as pessoas bajulam a turma local do rádio, TV e jornal pensando se tratar de gente rica...(risos)
.
RF: O que você não suporta sob seu nariz ?
.
Edgar: Qualquer tipo de injustiça ou desigualdade.

...

4 comentários:

Hamilton Salatiel Araujo Pereira disse...

Muito Bom Ronaldo. Acredito que você "ligou o motor" de vez. Desse jeito tu vás ter tornar imortal Ro.
Abraços,

Hamilton Salatiel

IGARAPRODUCOES.BLOGSPOT.COM disse...

AH, RONALDO FRANCO. SÓ TU MESMO. QUE ENTREVISTA DELICIOSA COM O NOSSO QUERIDO EDGAR AUGUSTO. FIQUEI EXTASIADO COM O ALTO NÍVEL, NÃO PODENDO ESPERAR OUTRA COISA DE ENTREVISTADOR E ENTREVISTADO. DUAS UNANIMIDADES (QUE ME PERDOE O VINÍCIUS) DA NOSSA CULTURA. BRILHANTE. OBRIGADO.

IGARAPRODUCOES.BLOGSPOT.COM disse...

AH, RONALDO FRANCO. SÓ TU MESMO. QUE ENTREVISTA DELICIOSA COM O NOSSO QUERIDO EDGAR AUGUSTO. FIQUEI EXTASIADO COM O ALTO NÍVEL, NÃO PODENDO ESPERAR OUTRA COISA DE ENTREVISTADOR E ENTREVISTADO. DUAS UNANIMIDADES (QUE ME PERDOE O VINÍCIUS) DA NOSSA CULTURA. BRILHANTE. OBRIGADO.

Arabutan disse...

Acho que o Edgar Augusto deve ser chamado de A Enciclopédia Paraense da Música Popular, pois abrange o mundo da música e não só a paraense.