quinta-feira, 3 de setembro de 2009

Pesquisa

Que fio de bigode ainda vale a palavra?
(O de Belchior, do Mercadante ou do Sarney?
.
***

8 comentários:

Garrafada disse...

Ainda estou apostando no bigode do Belchior.

Anônimo disse...

Visto de pertinho, esses bigodes são postiços.

Luiz disse...

Meu Caro Poeta,

Foi-se o tempo em que fio de bigode valia alguma coisa...Hoje, nem os cabelos todos de certas pessoas valem qualquer coisa, principalmente a palavra. Dos três elementos em questão, apenas Belchior deu um pouco de alegria e verdades para o "Público". Os outros dois apenas encenação. Mas não se preocupe meu amigo...AO VIVO É MUITO PIOR!
Luiz Alho

Anônimo disse...

Bigodes e também barbas com o cheiro da baba do narcisismo.Vocês duvidam? Dão uma cheiradas
nos espelhos do planalto e nos da cidade de Belém.E depois me contem.
Ruth Cordeiro

papistar_nunes disse...

Sou mais o bigode do Salvador Dali. Gênio perfeito para a minha cabeça smacksssssss

Antonio Juraci Siqueira disse...

No Reino da Pindaíba
a mentira fez seu lar
que o nosso povo não sabe
mas em quem acreditar!...
Tão grande é o rol de embusteiro
que nem num bigode inteiro
já se pode confiar!

Meméia disse...

É hora da mudança e o caminho de uma nova vida...então, nada de bigodes...rs
Poeta querido, ti voglio bene! Bjs

Anônimo disse...

São bigodes tão esquecidos da água da dignidade e da boca da sinceridade
Gina Cruz e Souza