quinta-feira, 22 de maio de 2008


Um comentário:

José Carneiro disse...

Meu caro poeta e amigo: A Clarice Lispector é tudo isso, alma, coração e vida. Como você também, na sua infinita criatividade. Uma usina de poesia. Abraços