sexta-feira, 12 de junho de 2009

Lima Duarte:na coxia da emoção

Lima Duarte: subiu ao palco do Golden Room do Copacabana Palace, Rio de Janeiro, para receber o Oscar do Talento.
.
Na foto ( da Revista Contigo): seus olhos marejaram ao seu ver no telão em interpretações que comoveram milhares de telespectadores brasileiros: Zeca Diabo, Salviano Lisboa, Sinhozinho Malta...

E com a sua experiência de 79 anos > escancarou a sua memória humaníssima:

(...) "Oduvaldo Vianna, Cassiano Mendes, Walter George Durst, Dias Gomes e Paulo Gracindo ...

(...) Todos esses homens eu faço questão de lembrar hoje, porque eu vivo hoje, trabalho ainda hoje só por eles, só para mantê-los vivos na memória, só para que saibam que fizeram essa coisa maravilhosa, da qual vocês vivem, têm a glória, têm a fortuna, têm tudo.

(...) Eu acho que o passado é a coisa mais presente que existe na vida na gente. Pensando neles, que se foram e que fizeram tudo, é que eu recebo este prêmio, do qual sou apenas portador. Um dia entregarei em mãos ao Paulo Gracindo, ou ao Durst, ou ao Cassiano..."
.
***

2 comentários:

papistar_nunes disse...

Olhos inflamados e rosto vermelho de tanta emoção.Que lindo os grandes artistas!!!

mató disse...

Olá meu querido poeta Ronaldo,
acho maravilhoso homenagear um grande actor como o Lima Duarte, acho
um dos melhores desses últimos tempos,
ele é grandioso, eu nunca tive a felicidade de vê-lo no Teatro, mas o que vejo na TV esse encantador de fadas, eu me emociono porque ele é verdadeiro, tem um olhar que me comove, a sua actuação em interpretar um personagem é louvável, tiro o chapéu por esse grande Astro nas telas das nossas casa que vem abrilhantar minhas noites com sua grande profissionalidade! Um bravo do meu coração ao grande LIMA DUARTE!
grande beijo a você que destacou
o meu actor preferido! beijos Mató