sexta-feira, 23 de outubro de 2009

Espera

teu rosto em lenta espera
.
(ouves a minha voz
antes de mim
no teu corpo
palavreando)
.
(RF)
.
***

3 comentários:

Anônimo disse...

Teu poema,tão simples e tão lindo,meu poeta.

Regina Amaral

papistar_nunes disse...

Sentir alguém palavrear no seu corpo, é ouvir a voz de Deus através da sua partícula divina chamada homem.

Meméia disse...

Envolta na alegria que exala teu ser...hei de esperar que chegues!