domingo, 25 de abril de 2010


O rio que eu sou
não sei
.
ou me perdi
.
* Max Martins
.
***

2 comentários:

Multiolhares disse...

pensamentos enraizados de tantos nós
beijitos

Lígia Saavedra disse...

As águas nos levam o pensamento mas nos devolvem rios de poesia.

Bjs querido Poeta