sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Aninha por Ana Carolina Proença

Com ela > todos podem chegar ao Top(o)

01. Sou extremamente discreta e observadora, capaz de passar horas em silêncio, falando comigo mesma. Quem me conhece bem, sabe que quanto mais aborrecida, mais em silêncio eu fico. De mim só sabem o que eu permito. Sou amiga e fidelíssima aos meus amigos.

02. Adoro a noite pra dançar, dar risadas e jogar conversa fora. Álcool e fumacê, nem pensar! Mas já saí tanto e os lugares andam tão “the same”, que pra sair de casa tem que valer a pena.

03. O meu ponto fraco são os meus pets. Entre cães e uma gata, temos 6. Fora os peixes, um casal de piriquitos e um canário. Sou perdidamente apaixonada por cada um deles. São a materialização de uma verdadeira amizade.

04. Dizem que sou a típica ariana. Apaixonada, impulsiva e dominadora. O meu lema é “proibido proibir”. Não penso em algo até que me seja proibido. Sou do tipo levanta, sacode a poeira e dá a volta por cima quantas vezes forem necessárias. Perder o controle da situação é um problema sério.

05. Só faço o que quero, quando e como quero. Não digo que sim e nem que não. Há alguns anos combinei comigo mesma de ser feliz. Pra isso, aprendi a deletar tudo o que me aborrece. Só preciso das minhas meninas, meus pets e do meu trabalho. Quem me magoa vai pra vala comum.

06. Tudo é conversável exceto a traição, seja entre amigos, casal ou simples conhecidos. Até que me prove ao contrário, todo mundo é bacana. Odeio os traíras com todas as minhas forças.

07. Não tenho o menor problema em recomeçar. Quando vejo que algo me causa mais frustração e tristeza do que satisfação, é hora de parar e começar all over again.

08. Odeio os donos da verdade, o preconceito contra os gays e às minorias raciais. Sou católica praticante e devota somente de Nossa Senhora de Nazaré.

09. Uma das coisas que mais me tiram do sério é assistir ao sofrimento de um animal. Fico louca!

10. Um dia perfeito é acordar cedo, correr, sair com os meus cães e com as minhas meninas, ir ao cinema e terminar lendo uma revista besteirol. Adoooro!
.
***

7 comentários:

Jolye disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Jolye disse...

Ronaldo, parabéns por tirar as palavras da Aninha para os 'intimos, hehehhehhe. Ela realmente é tudo isso que falou, mas faltou ela falar e nem falaria, lógico! que é um ser humano singular, de qualidades mil. Pessoalmente é um tesouro em minha vida, uma pedra praciosa, uma amiga-irma muito amada. Queria que o mundo fosse feito de milhoes de "Aninhas", só assim teríamos mais justica e paz. Márcia Contenteefeliz.

Anônimo disse...

Linda Mulher.

Téo.

Anônimo disse...

Em sua revista existe espaço para todos.Pobre e rico são notícias pelos seus talentos.Diferente de muito jornalistas que noticiam sempre os mesmos nomes e a mesmice que só interessa por conveniências.
A Top é um exemplo de jornalismo aberto, para todos.
Se eu estou dizendo coisa errada comprove nos noticários.

Belém está mudando. Mudaram as caras.E a jornalista Ana Carolina sacou.

Abraços de Leonice Barros.

Anônimo disse...

A Top é uma revista que enaltece a cultura do Pará.Parabéns Ana Carolina.

Fabiana Gama

Anônimo disse...

Leio a revista Top.Tu dizes a verdade.As notícias publicadas na Top provam que a moça não tem preconceitos.Noticia todo mundo.
Que legal.

Téo

Anônimo disse...

Linda mulher.

Téo