sexta-feira, 28 de agosto de 2009

O Mínimo do Máx(imo)


*Não era fêmea de cruzar,
mas pássaro de voar.
.
Poeta Max Martins
.
***

Um comentário:

Lisa disse...

E quem disse que não voamos???
Ele sabia...
Obrigada Ron, por tudo isso de belo e de franco!
A arte sem limites...Te adoro!
Bjxxxxxxxxxxxxxxxx