sábado, 10 de julho de 2010

A espera
esculpidíssima

com as mãos
das palavras...

***

Nenhum comentário: