sexta-feira, 20 de fevereiro de 2009

Você é o Carnaval

Batuque bons dias. Rasgue a fantasia de adulta.
Saia descalça sobre os cacos de amor quebrado. Pise devagar nos tamborins das manhãs.
Pé-ante-pé não desvie de um olhar musical.
.
Paixões boleradas, lembranças de um homem que foi um tango, - jogue no lixo.
Vista-se de nuvens: o vento do encontro se encarregará do prazer.
Erotize a cidade e os monumentos do tédio.
.
Cative quem usa a máscara do lobo.
Arranque de sua cabeça o chapeuzinho vermelho.
O tricô da solidão - terminou-!
.
Calce serpetinas e não tropece nos degraus da noite.
.
Atravesse o atlântico das vozes, pacificamente:
um romântico lhe seguirá como um submarino.
.
Escancare a ousadia de ser feliz.
.
Você é o carnaval!
.
***

3 comentários:

neilce disse...

Perfeito, Ronaldo, a carnavalização da vida é uma constante, porém se escacara em fevereiro.
Gde bjo

neilce disse...

ou melhor, se escancara (...)

Lu Cavichioli disse...

Olá Ronaldo, que beleza teu blog meu caro, parabéns! E esta poesia tão cadenciada, com metáforas medida certa revelando a elegancia do teu poema.

Gostei de tudo por aqui, tanto que vou te linkar em meus blogs.

Já que és poeta e professor, gostaria que lesse meus escritos no a Femme e opinasse.

Obrigada e até breve.
Abraços