terça-feira, 24 de novembro de 2009

Aviso > para os amigos

Estou Vivo, graças a Deus!
...
A morte de Ronaldo Silva Franco, meu homônimo (e boníssimo amigo), causou consternação entre nossos amigos ,muitos dos quais amigos comuns.
.
Ronaldo Silva Franco
escrevia quase sempre à coluna de um desses amigos comuns, jornalista Elias Pinto, provocando confusão:- suas opiniões eram atribuídas a minha pessoa.
Publicava em jornais sua paixão pelo Clube do Remo. E eu, torcedor do Papão, penava dando explicações de minha "traição".
A morte do Ronaldo Silva Franco comunicada, sem o Silva, à imprensa,
gerou o mal entendido: o poeta morreu!
Daí...
.
Vá em paz, amigo Ronaldo.
.
***

17 comentários:

Izabel disse...

Sinto pela morte de Ronaldo Franco, e Tambem sinto pelo engano...Mas deve ser estranho seaber pelos jornais que você morreu,não estando morto...Literalmente a imprensa mata!hehe

papistar_nunes disse...

Credo, ainda bem que não lí nada disso senão ia pirar meu cabeção querendo escrever todo dia no blog do meu amigo vísivel invisível.
Amém e que o rapaz descanse em paz. Bjssssssss

Anônimo disse...

Poetinha,a sua morte noticiada na televisão deixou seus amigos tristes.Eu chorei e minhas colegas também.
O desmentido de sua morte virou carnaval. Todos riam de alegria.Mas foi horrível essa notícia irresponsável.
Agora sabemos que foi um outro Ronaldo.E que o nosso querido poeta está vivo.
Viva muito para gente ler as suas boas poesias, tá?

Laís Queiroz

RENATA FRANCO disse...

Mesmo que distante, te ouvir hoje no telefone me deixou profundamente emocionada..Incrível como uma notícia ruim se propaga em segundos..Em segundos um filme passou pela minha mente das coisas boas que vivemos juntos e dos dissabores também...Certamente tive a certeza que mesmo distante te quero PRSENTE então meu velho...Segura mais um tempo Pai!!! Eu ainda não estou preparada prá te perder!!!HOJE TE DIGO QUE SUSTO QUE VOCÊ ME DEU!

RENATA FRANCO disse...

Pai...vc me prometeu: ainda vai viver muito PRÁ ME AMAR MUITO...que tristeza ver seus amigos se despedindo e QUE ALEGRIA SABER QUE NÃO PASSOU DE UM EQÍVOCO...NUNCA OUVIR TUA VOZ ME TROUXE TANTA FELICIDADE..TE AMO, TE AMO, TE AMO!!JÁ TÔ CHORANDO DE NOVO =(((

Franssinete Florenzano disse...

Querido Ronaldo, ainda bem que quando soube da notícia ela já veio com o desmentido, então fiquei chocada mesmo é com a falta de responsabilidade ao propagar a informação falsa. E se alguém tivesse infartado ou sofrido um AVC, ou algo do tipo, por uma notícia tão horrível? Fiz um post a respeito no meu blog.
Aproveita para pegar colo da família e amigos, e comemorar a vida. Brindo á sua existência! Beijos.

Anônimo disse...

Tu és lindo, inteligente e muito querido, pra morrer estupidamente.

Lucidéa Pinheiro.

Anônimo disse...

Nem imaginar o poeta Ronaldo Franco,tão querido, morto.
A poesia paraense iria ficar vazia e sem emoção.
Seus poemas de amor são lindos, emocionantes,apaixonados pelas mulheres,sensuais, curtos e profundos.
Esses poemas são a vida de nossa poesia,diariamente em seu blog e nas sextas no caderno Por Aí do Diário do Pará.
E serão lidos por muito tempo, por mim e por milhares de mulheres apaixonadas pela sua poesia.
Viva o poeta Ronaldo Franco!

Beijos, querido poeta.
Ana Maria Carvalho.

Anônimo disse...

Poeta mais querido de Belém.Sempre vivo em nossas leituras de seus poemas.Viva muito.

Lilia Braga

Jac. disse...

Ainda bem que VC está vivo, amigo!
Além do que, os poetas nunca morrem.
Ficam encantados e para sempre
guardados em nossos corações!

Besos.

Anônimo disse...

A notícia de sua "morte" poeta Ronaldo, foi terrível.
O local em que eu trabalho e que você frequenta, sempre trazendo a sua alegria, por momentos virou um túmulo. Um silêncio total.
Até que, com vários telefonemas tentando melhores informações sobre você, tivemos a melhor notícia.Quem morreu se chamava Ronaldo Silva Franco.E não era o nosso querido poeta Ronaldo Sérgio Franco.Aí,a gente se abraçou e programamos uma festinha com os "chopinhos" que vc tanta gosta.
Graças a Deus foi um engano da imprensa.
Queremos você vivo e com a sua alegria sempre nos visitando.

Natália Simões e a turma.

Alzira disse...

Vida longa ao nosso Poeta.
Brindemos à vida...
Tin Tin!

RAUL FRANCO disse...

acho q ninguém pode imaginar a dimensão da dor q isso poderia nos causar. serviu de ensaio para que possamos entender vagamente o quanto é estranho perder quem se ama! meu pai está vivo!

RACHEL disse...

Ainda bem e para alívio de todos, foi um enorme engano, que já corrigido tranquiliza a todos.
Para os amigos e familiares do Ronaldo Silva Franco, fica os mais sinceros sentimentos.

Anônimo disse...

Com tanta gente te amando, vai ser difícil tu sumires do mundo, querido poeta.

Tarsila Lopes, de Belo Horizonte. Sou tua amiga do orkut.

Anônimo disse...

Te amo, querido poeta.

O meu susto passou.

Elza Nascimento

Anônimo disse...

Viva um dos melhores poetas do Pará. E grande figura humana.

Geraldo Ramos