domingo, 3 de maio de 2009

Porque cresceram minhas noites

Foto:Bárbara Campos * Esse instante
(- em sombras
que não mais o seremos -)
porque cresceram
as tuas pernas, filho

porque cresceram minhas noites...

.
(RF)
.
***

5 comentários:

papistar_nunes disse...

Égua, lindo, atéchorei!!!smacksssssss

Carina Melo disse...

"Porque cresceram minhas noites" nos lembra do amor de mãe, de seus medos e de sua vontade de proteger os filhos.

Tania Montandon disse...

Delicioso! As pernas crescem enquanto os choros tira-sono da mãe diminuem e as noites bem dormidas realmente crescem,rsrsrs
E como crescem rápido as crianças, né? Minha vó chamava meu tio(de 70 anos) de "meu minininho, cadê meu beijo? dormiu comigo hoje?" hehehe
Acho q filhos são sentidos sempre como crianças pelas mães.
Adorei o poeminha, beijo com carinho!

Bárbara disse...

Tão sublime...
Lindo, Ronaldo!

Elainesartori disse...

"Porque cresceram minhas noites" sim, elas cresceram pois a solidão que nos deixa os filhos criados e independentes nos faz ter a sensação de estarmos só.
Gostaria de traze-los de volta ao meu ventre e recomeçar tudo de novo.
você foi perfeito Ron...
Caiu direitinho dentro do que estou vivenciando.
Lindo!

Elaine Colonhezi.