domingo, 23 de novembro de 2008

Alfredo Oliveira em Ritmos e Cantares



Alfredo Oliveira é um geminiano nascido em Belém. Diplomou-se pela extinta Faculdade de Medicina e Cirurgia do Pará, em dezembro de 1960, e até aposentar-se, por tempo de serviço, exerceu a prática médica na condição de clínico geral, sempre no âmbito de hospitais e ambulatórios da Previdência Social.
.
Só depois dos 40 anos de idade, em julho de 1979, revelou, publicamente seu lado musical, antes restrito à roda de amigos, vencendo o festival "3 canções para Salinas" ( promovido pelo poeta Ronaldo Franco).
.
A partir daí, não parou de compor, principalmente para o carnaval paraense, onde surgiu como autor de sambas-enredo.
.
Em 1998 juntou-se a Paulo André Barata e Paulo Chaves Fernandes na elaboração do musical "Trazendo-Che no coração", em homenagem ao legendário Che Guevara. O espetáculo foi registrado em CD gravado ao vivo.
.
Seduzido pela música popular brasileira resolveu penetrar mais nesse universo, buscando conhecimentos, mesmo sem compromisso de sentido técnico ou profissional.
Bibliotecas, livrarias, sebos, coleção de discos antigos, conversas com instrumentistas, cantores, tudo isso foi incluído num extenso roteiro à cata de informações.
.
Em 1992, começou a escrever "Ritmos e Cantares", decidido a compartilhar, com seus leitores, o resultado de tanta abordagem.
.
Em resumo, este livro pode ser considerado fruto de genuíno interesse cultural pela MPB, particularmente aquela que nasceu no Pará.
.
***

2 comentários:

Marco André disse...

Esse Alfredão me ensinou muitas coisas, e graças a ele vivo hj da música que corre em minhas veias desde os tempos em que a nata da música paraense frequentava minha casa, como vc meu amigo poeta. Vou contar a ele. Abraços amigo.

José disse...

Caro Marco André, eu ganhei de Alfredo Oliveira um exemplar do livro Ritmos e Cantares. Pra quem realmente quer conhecer a trajetória da Música Popular Paraense, recomendo.