quinta-feira, 6 de março de 2008

Poeta Mário Faustino

"Quem fez esta manhã, quem penetrou
.
À noite os labirintos do tesouro,
.
Quem fez esta manhã predestinou
.
Seus temas a paráfrase do touro,
.
A traduções do cisne: fê-la para
.
Abandonar-se a mitos essenciais
.
Desflorada por ímpetos de rara
.
Metamorfose alada, onde jamais
.
Se exaure o deus que muda, que transvive
.
Quem fez esta manhã fê-la por ser
.
Um raio a fecundá-la, não por lívida
.
Ausência sem pecado e fê-la ter
.
Em si princípio e fim : ter entre aurora
.
E meio dia um homem e sua hora."

******

Um comentário:

mirian disse...

espetacular,magnifico
esta show dw bola!
meus parabens!